quinta-feira, 11 de outubro de 2018

O Sagrado Verbo

No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus / João 1:1-4”. Neste sentido, o “Verbo” é a coisa mais sagrada que existe desde o início dos tempos, desde quando tudo era trevas. Deus, o Verbo vivia na escuridão, necessitou criar a luz para separar a noite do dia, o céu da terra, o bem do mal. O verbo é divino também noutras culturas, pois Zeus ao criar a divindade feminina, confiou-lhe uma caixa onde deveria guardar todos os presentes divinos (verbos) doados pelos deuses, com a condição de nunca abri-lo pra ninguém. Quando a desobediente Pandora abriu a caixa, saíram todos os verbos, permanecendo preso tão somente a esperança. Nossa centelha divina, nossa consciência, nossa síntese, nossa essência é a soma dos verbos que nos foram confiados, portanto devemos guarda-los conosco como a maior prudência, pois se o abrirmos aleatoriamente sem cuidado, podemos perder inclusive nossa esperança. Que tenhamos tempos melhores, com menos verbos negativos e mais sabedoria, prudência e amor. Namastê.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e identifique-se