sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Governador Sartori justifica o não veto do aumento dos salários e ninguém entende

Não to entendendo a gritaria dos filiados aos partidos políticos sobre o aumento dos salários do executivo, legislativo e judiciário no RS... o projeto foi aprovado POR UNANIMIDADE por todos deputados de todos partidos com representação na Assembleia Legislativa no final do ano passado (PT, PMDB, PP, PDT, PTB, PSDB, PSB, PPS, PCdoB, SD), ai largaram a batata quente nas mãos do Sartori 15, que se vetasse, teria seu veto derrubado pelos deputados quando o projeto voltasse a Assembléia. A única coisa que ele ia conseguir é brigar com a Assembléia e com todo judiciário, sofrendo as consequências do veto.

Agora, aqueles que não tem nenhum vínculo partidário e que não tem simpatia por qualquer um deles, tem todo o direito de reclamar sim. Reclamar muito. Pois também acho um absurdo o valor que todos recebem para defender "os nossos interesses". 


Deputados ferraram com o Sartori que não é bom de latinha (microfone) e que explicou da maneira dele: "Em todos os casos, VOU PAGAR O PREÇO que tiver que pagar, mas eu não podia ter atitude irresponsável que não tivesse nenhuma relação com TODOS OS PODERES nessa direção. Sei também que não são coisas fabulosas, mas na verdade "todo mundo tem o direito de analisar sob o ponto de vista da sua visão" daquilo que achar melhor", declarou Sartori.


Resumo da ópera, militantes de qualquer partido que estiver falando somente do Governador e não dos Deputados de seus partidos, estão fazendo demagogia (arte de conduzir o povo a uma falsa situação).


veja íntegra da entrevista, inclusive com justificativa que o aumento regional foi em decorrência do aumento nacional apresentado pelo Congresso Nacional e Senado, e sancionado pela presidenta Dilma Roussef: http://glo.bo/1BD3dca
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e identifique-se