sexta-feira, 2 de maio de 2014

#EuNãoMereçoSerViolentado

Estou me sentindo personagem do filme Robocop2 onde toda sociedade de Detroit fica viciada numa droga sintética chamada "Nuke" (quiçá Crack?) e a tal OCP organização que faz exploração imobiliária e outros tantos negócios a favor do "sistema", torna-se a única corporação existente e acaba virando dona da própria polícia que está obsoleta, ineficiente, ineficaz, corrupta e desnecessária, ou seja, estamos entregues a corporação FIFA e nossas ruas estão tomadas por zumbis, bandidos, gangues enquanto o próprio Palácio da Polícia do Rio Grande do Sul é arrombado por delinquentes que ninguém sabe quem são. Para piorar nosso país é escandalosamente roubado e todas as benesses são dadas aos criminosos que nos esfolam vivos enquanto quem cai em cana é quem comete pequenos crimes e ainda são depositados temporariamente na grande escola do inferno que são os presídios... sou contra a pena capital para casos primários, pois o sujeito pode arrepender-se ou ser preso e condenado injustamente como tem acontecido, mas para isso precisaria passar por um processo PRODUTIVO de ressocialização, educação e trabalho para poder pagar o que consome na cadeia e o que o estado doa como auxilio reclusão e outras bolsas à sua família. Mas se o sujeito tiver pago pelo seu crime com a reclusão assim como ter ressarcido civilmente/financeiramente as pessoas que ele prejudicou, e mesmo assim vier a reincidir no mesmo crime (assassinato, estupro...), não merece mais condescendência do povo/estado pois #EuNãoMereçoSerViolentado