quinta-feira, 11 de abril de 2013

Como combater o mosquito da dengue com o cravo da índia

Saiba como prevenir e combater a proliferação do mosquito da dengue com uma solução feita com o cravo da índia.

O descaso das pessoas é que possibilita a proliferação de vetores de doenças como mosquitos, baratas, ratos, moscas, morcegos, pombos, formigas e todo tipo de pragas que assolam a saúde de toda população. O acumulo de lixo nas casas e ruas geram milhões de doenças, e se as pessoas não condicionarem adequadamente seu lixo, e despeja-lo em qualquer lugar a grande tendencia é que elas estejam ajudando a procriar estes monstros que assombram nossas famílias.

As pragas urbanas têm por características biológicas o alto índice de resistência e a adaptação sobre os mais diversos meios. Por isso, o ambiente urbano torna-se o principal habitat para essas espécies, pois oferece condições como umidade, alimentação e muitos ambientes baldios. Com isso, o seu extermínio é bastante dificultado. A maioria dessas espécies costuma se reproduzir durante o inverno e se prolifera durante o verão.

São muitas as doenças causadas pelas pragas urbanas. A principal delas, atualmente, é a dengue. Ela é transmitida pela picada do mosquito Aedes Aegypti, que também é responsável pela Febre Amarela, e pode até matar. Outra doença que costuma ser causada por pragas é a Leptospirose, transmitida através do contato humano com a urina do rato. Seus sintomas são semelhantes aos da gripe, e também pode matar. Portanto, nota-se que o controle das pragas não é tão somente uma questão de conforto e higiene, mas um caso de saúde pública.

A dengue é uma doença que está cada vez mais presente nos lares brasileiros o qual é contraída através da picada do mosquito "Aedes Aegypti" e a melhor maneira de preveni-lá e evita-lá é combater os focos de acúmulo de água, locais propícios para a criação do mosquito transmissor da doença. Para isso, é importante NÃO acumular água em latas, embalagens, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, pneus velhos, vasinhos de plantas, jarros de flores, garrafas, caixas d´água, tambores, latões, cisternas, sacos plásticos e lixeiras, entre outros.

Muitas vezes temos que deixar água parada noutros lugares como piscinas, reservatórios, chafarizes e outros, mas estes necessitam de limpezas rotineiras e tratamento da água com cloro nas devidas proporções  por isso evite deixar sua piscina por muito tempo sem tratamento. Dentro de casa os mosquitos também nascem, pois vasos sanitários, ralos de banheiro, vasos de flores e até copos com água para promessas também podem ser criatórios de mosquitos.

Porem todo cuidado é pouco pois as vezes necessitamos manter água em terrários de repteis (tartarugas, lagartos), em bebedouros de animais como galinheiros, estrebarias, potes dos cães, gatos e outros, e não temos como deixá-los fechados, porem existe uma solução natural e não poluente, muito eficiente para combater o nascimento dos mosquitos.

Uma substância chamada Eugenol, encontrada no cravo-da-índia, tem a capacidade de combater larvas de mosquito da dengue. A descoberta foi feita por pesquisadores do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), que conseguiram se livrar das larvas do mosquito em 24 horas usando a especiaria.

A utilização da substância como um agente antipragas não é uma novidade, mas sim a sua eficácia contra o Aedes Egypti. O Inpa foi pioneiro em experimentar a capacidade característica da substância na prevenção do mosquito da dengue.

A fórmula está em processo de patente, mas é bem simples e pode ser feita em casa: basta  bater no liquidificador 60 botões de cravo com uma xícara de água. É a concentração ideal para manter o efeito do Eugenol. Não precisa peneirar. A mistura deve ser guardada na geladeira por até um ano.

A pesquisadora do Inpa, Ilea Brandão Rodrigues afirma que a aplicação também é simples. "Em pratos pequenos de 15 centímetros, serão aplicadas três gotas. Para pratos médios, o número de gotas a ser aplicadas passa de quatro. A mistura tem um efeito de aproximadamente 14 dias", explicou.

A pesquisadora explica ainda que até mesmo nos reservatórios de água o produto pode ser usado, porque o cravinho é comestível. "Com isso, qualquer pessoa pode lançar mão que funciona", garante.

Os testes foram feitos em várias casas, como a do cozinheiro Gilson Brasil, que aprovou a fórmula do cravo e manteve outros cuidados de prevenção. "As garrafas, se tiver, sempre de boca para baixo. Jogar sempre a água que fica embaixo do vaso. Essa fórmula ajuda a matar mesmo as larvas", disse. (fonte: http://glo.bo/Zzhkvi)

O Cravo ainda pode ser usado como repelente para formigas, basta fazer saches e colocar nos armários da cozinha, assim como pode ser usado como repelente para mosquitos, veja matéria a seguir:


No ano passado, já ensinei aqui no blog como fazer almofadinhas de cravo- da-Índia para espantar as formigas de dentro dos armários. Com o verão chegando - e os mosquitos também - aqui vai mais uma dica de como utilizar o cravo para ficar livre das picadas. Trata-se de um repelente natural bem eficiente. Experimentei e gostei do resultado. Apesar de ter óleo corporal entre os ingredientes, não deixa a pele oleosa nos locais onde você passa.

Repelente caseiro com cravo-da-Índia

Ingredientes:

 100 ml de álcool de cereais
1 pacote de cravo da Índia (10 gr)
30 ml de óleo para o corpo (pode ser de calêndula, amêndoa ou Johnson)

Como fazer:

Coloque o cravo e o álcool em um frasco (de preferência de vidro) bem fechado. Deixe curtir por 5 dias, agitando o frasco diariamente.

No quinto dia, retire o cravo e acrescente o óleo ao álcool aromatizado.

Coloque o repelente num borrifador. Sempre que precisar usar, borrife uma pequena quantidade nas mãos ou num algodão e passe principalmente nos braços e pernas.

 Dica: por ser caseiro, o efeito deste repelente tem uma duração mais curta do que os encontrados à disposição no mercado. Reaplique sempre que necessário (aproximadamente a cada duas horas) (fonte: http://bit.ly/ZbOYrH)

Vejam o exemplo que esta escola deu com o repelente.

Atenção, a armadilha caseira com garrafas pet que está sendo divulgada como solução para o combate ao mosquito é eficiente mas não é eficaz, pois ela não mata os mosquitos que estão zumbizando nos seus ouvidos, e serve tão somente berçário para novos mosquitos... experimente fazer a armadilha e colocar a solução de cravo, verão que não irão se procriar, portanto...

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e identifique-se