terça-feira, 30 de outubro de 2018

O Grande Mecanismo da vida

Oi bom dia.
Espero que esteja tudo bem por ai.
Deixa te contar.
Acabei de fazer uma visita ao Wikipedia para encontrar algum tema pra conversar contigo hoje, digitei a data de 30 de outubro e logo apareceram varias coisas que aconteceram neste dia. Eleições de dois papas, guerras, posses, bombas, aniversários, mortes e finalmente o que gostei mais que foi o campo dos feriados e eventos cíclicos. Em Portugal hoje comemoram o dia nacional de prevenção ao câncer de mama, aqui, varias profissões tem seu dia hoje, como: balconista, comerciário, fisiculturista, designer de interiores, ginecologista; e na mitologia céltica comemoram o Dia de Morrígan, patrona das sacerdotisas e das bruxas. (Uau!)
- Ta Di, e dai? Qual foi tua inspiração?
- Quer saber? Na verdade nenhuma, mas achei interessante mostrar alguns fatos que despertem tua curiosidade e também compartilhar as datas alusivas as categorias profissionais citadas, pois nunca é tarde para parabeniza-los, e dar-lhes a devida importância, já que fazem parte do grande contexto universal, sendo suas profissões tão importantes quanto as nossas. São pessoas que merecem carinho, respeito e dignidade, igualzinho a nós, assim como merecem receber o mesmo que queremos receber em nosso dia a dia.
Constituímos a grande máquina que move a humanidade e tudo precisa estar em perfeita sincronia para que funcione da melhor maneira pra todos nós. Infelizmente algumas pessoas insistem em estragar o mecanismo, jogando coisas no chão, ofendendo a seu igual, desejando o mal a outrem, ou simplesmente achando-se melhor que todos.
O Grande Mecanismo é movido pela energia do amor, lubrificado pelo respeito, paciência, estímulos, fraternidade, responsabilidade, enfim, todas as coisas que tornam nossos dias mais agradáveis.
Estou aqui fazendo minha parte, despertando reflexões e desejando que todas as coisas boas da vida recaiam sobre você, e que possamos melhorar cada vez mais nossa grande máquina existencial, melhorando tudo ao nosso redor e preparando-a da melhor forma possível para as próximas gerações.
Estou em você e você está em mim, o que eu fizer ao meu mecanismo, recairá automaticamente sob o seu, portanto neste momento estou praticando o amor, desejando a você e a todos por onde passares que recebam infinitas bênçãos do Universo.
Namastê


quinta-feira, 11 de outubro de 2018

O Sagrado Verbo

No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus / João 1:1-4”. Neste sentido, o “Verbo” é a coisa mais sagrada que existe desde o início dos tempos, desde quando tudo era trevas. Deus, o Verbo vivia na escuridão, necessitou criar a luz para separar a noite do dia, o céu da terra, o bem do mal. O verbo é divino também noutras culturas, pois Zeus ao criar a divindade feminina, confiou-lhe uma caixa onde deveria guardar todos os presentes divinos (verbos) doados pelos deuses, com a condição de nunca abri-lo pra ninguém. Quando a desobediente Pandora abriu a caixa, saíram todos os verbos, permanecendo preso tão somente a esperança. Nossa centelha divina, nossa consciência, nossa síntese, nossa essência é a soma dos verbos que nos foram confiados, portanto devemos guarda-los conosco como a maior prudência, pois se o abrirmos aleatoriamente sem cuidado, podemos perder inclusive nossa esperança. Que tenhamos tempos melhores, com menos verbos negativos e mais sabedoria, prudência e amor. Namastê.

quarta-feira, 10 de outubro de 2018

MAIS EQUILÍBRIO POR FAVOR

A vida baseia-se na harmonia entre dois polos. Precisamos da noite e do dia pra dormir e acordar; precisamos inspirar e expirar; precisamos ter um olho, um ouvido, uma narina, um braço, uma perna, um pé, um dedo indicador em cada lado de nosso corpo; precisamos do calor tropical e do frio glacial; precisamos abrir e fechar; andar e parar; partir e chegar. Tudo tem um início, meio e, um fim. Precisamos nascer, viver, e morrer. Tudo tem um ponto de equilíbrio, principalmente entre a guerra e a paz, pois qualquer passo em falso na corda bamba da vida, inevitavelmente caímos. Vamos praticar a empatia, o bom trato, a amizade, o respeito entre o nosso limite e o limite dos outros. Vamos ser mais cordiais, vamos andar mais de mãos dadas, vamos abraçar mais, beijar mais e sorrir infinitamente. Vamos amar uns aos outros como Alguém já nos ensinou. Namastê

sábado, 6 de outubro de 2018

Fio vermelho de nosso destino

Oi, boa tarde.

Primeiro lugar quero agradecer por fazeres parte de minha vida. Sabes muito bem, que algum motivo, algum propósito, alguma razão que desconhecemos, nossos fios vermelhos entrelaçaram-se em algum lugar do tempo e do espaço, formando um belo tope, que junto d’outros nós, formaram um lindo jardim na grande rede de conexões que temos neste plano.

Nossa rede, na grande maioria das vezes atrai para nós, somente coisas harmônicas, que proporcionam a possibilidade de mantermos o equilíbrio neste mundo que tanto insiste em nos puxar para um lado ou para outro.

Que tenhamos todos os dias de nossas vidas a oportunidade de tomarmos a iniciativa de praticar ações que causem impacto positivo nas pessoas ao nosso redor, fazendo com que nossa rede vibre numa vibe muito firme e segura.

Que nosso final de semana seja abençoado e que possamos fazer escolhas que garantam nosso equilíbrio e de toda rede de conexões ao nosso redor.

 “ Há um antigo mito chinês sobre o Fio Vermelho do Destino. Diz que os deuses prendem um fio vermelho no tornozelo de cada um de nós e o conectam a todas as pessoas cujas vidas estamos destinados a tocar. Esse fio pode esticar ou emaranhar-se, mas nunca irá partir. ” 

Namastê

quinta-feira, 12 de julho de 2018

wonderfull word

“As cores do arco-íris, tão bonitas no céu. Estão também nos rostos das pessoas a passar. Eu vejo amigos se cumprimentando, dizendo: "Como é que você vai?" Eles estão realmente dizendo: "eu te amo". Eu também, por isso desejo-lhe, um ótimo dia neste “wonderfull word”. Namastê

 

quarta-feira, 4 de julho de 2018

A verdade sobre a Lei dos agrotóxicos e da retira dos alimentos orgânicos das gôndolas

Os países nórdicos, financiados pelas monstruosas produtoras de agrotóxicos e sementes transgênicas, Monsanto (em fusão com Bayer remédios) e Syngenta (ChemChina / Blackstone), em conjunto com as Fundações das famílias mais ricas do mundo (Rockefeller e Gates) aprisionam numa caverna chamada "Svalbard Global Seed Vault", apelidada de "Caverna do Fim do Mundo", sementes naturais do mundo inteiro, que serão as únicas que poderão ser replantadas no futuro.

Isso mesmo, soja, arroz, milho, feijão, frutas, verduras e todas sementes geneticamente modificadas, não se reproduzem, não geram novas sementes. Ou seja, toda vez que uma plantação for feita, novas sementes deverão ser compradas, e compradas, e compradas, pois as transgênicas que mesclam genes vegetais e animais num mesmo Frankenstein, não conseguem se reproduzir.

Estas sementes trans serão a única fonte de alimentação humana nas próximas décadas, tanto que você já tem visto boatos por ai, de ovos plásticos e outras aberrações sintéticas (fontes: sobre ovos falsos: TimeBeijingerChina Dailysobre produtos a base de transgênicos que substituem ovosFinancial TimestheguardianforbesLos Angeles Times). Olha, no Brasil até pode ser boato, mas se der uma navegadinha pelo mundo, encontrar-se-ão muitas referências a estes ovos falsos. Mas como duvidar destas coisas, se aqui leite vem com ácidoembutidos vem com carne estragada, a própria carne recebe ácido ascórbico que em excesso causa problemas de saúde. Quanto a estes ovos sintéticos, acredito que em algum tempo, alguém os inventou para servir de brinquedo, mas como podia ser prejudicial as crianças, fora proibido. Mas se até o WallMart tem a propriedade industrial de um ovo sintético, qualquer um pode pegar o segredo industrial e fazer estas aberrações por ai.

A agricultura familiar inevitavelmente sofrerá as consequências do agronegócio, tanto que a Lei que tramita na Câmara dos Deputados, restringe a venda de produtos orgânicos pelo produtores, beneficiando quem tem grandes produções, como por exemplo, agronegociadores.

Em suma, as empresas que tem interesse em vender seus monstrinhos, são as mesmas que produzem o veneno que está matando as sementes naturais e contaminando todos seres vivos. Como as sementes naturais causarão doenças, as mesmas empresas venderão remédios para curar as doenças causadas por eles mesmos, assim como aconselharão as pessoas a consumirem somente produtos transgênicos, pois demais alimentos estarão contaminados por eles mesmos.

Imaginem o planeta sem a biossíntese proporcionada pelas adaptações genéticas naturais que proporcionaram a evolução de todas as espécies até hoje. Algumas situações já são denunciadas há muito tempo, tais como reações alérgicas, resistência antibiótica, poluição genética, superpragas, dependência tecnológica, etc. Será que é ficção científica as aberrações humanas do futuro?

Nota do autor: Este texto é uma lucubração pessoal, escrita em forma de ficção, não tendo provas científicas sobre os assuntos aqui transcritos. Os fatos aqui elencados, servem para despertar a reflexão das pessoas quanto aos avanços científicos no campo do meio ambiente e seus reflexos na saúde humana.

quarta-feira, 2 de maio de 2018

Agradecimento passagem 2018 / 2019

Quero agradecer o carinho emanado por todos(as) nestes últimos dias com um textão que inicia com algumas citações e depois discorre sobre este momento em que inicio minha jornada rumo aos 5.0.

“Nunca fiz amigos tomando leite”, muito menos tendo consensos. Sou um cara de personalidade forte, cunhada numa educação familiar austera, que não permite desvios de conduta, nem falha no caráter. Sou chato sim, sou perfeccionista sim, sou exigente sim, sou fora do comum sim, pois não me permito decepcionar o investimento que meus pais fizeram para tornar-me o homem digno que eles prepararam para o mundo.

Minha sisudez até gera analogias por parte de amigos que me comparam com o personagem Dr. House, o qual dizem ter sido inspirado em mim, tanto pelo gênio, humor sarcástico, postura de querer achar solução para qualquer coisa, pela semelhança física, quanto pelo uso da bengala canadense que necessito usar de vez em quando.

Quem me conhece a fundo, sabe que por detrás de qualquer chatice, existe um cara que nunca, absolutamente nunca, desampara os seus. Sou intransigente na defesa daqueles que são próximos a mim, e não tolero desvios de conduta, sejam eles quais forem, por isso cobro bons costumes destes, pois quero ter motivos para orgulhar-me e defende-los de unhas e dentes.

Toda essa chatice esconde-se atrás de um cara, que mesmo tendo feito todas as merdas na vida, sempre foi um parceiro fiel, que recebe a todos de braços abertos, com sorriso no rosto, ajudando todo mundo sempre que possível, e na maioria das vezes ajudando mais aos outros do que a si mesmo. Acredito que esta seja minha sina, meu objetivo, meu carma, afim de concluir, um dia, quem sabe, meu samsara (ciclo de nascimentos e mortes).

Então, alguém dirá: mas não conheço este citado ai em cima, mas sabe por quê? Porque vivo minha vida sem interferir na vida de ninguém, assim como não quero que ninguém se meta na minha. Trato a todos como quero ser tratado, com carinho, respeito e dedicação. Gosto de ♪ ♫ Viver e não ter a vergonha de ser feliz, cantar e cantar e cantar, a beleza de ser um eterno aprendiz.: ♫ ♪.

Bob Marley, parafraseando Platão, disse: "ERRAR É HUMANO, PERDOAR É PRECISO, e correr atrás daquilo que realmente queremos é uma obrigação. Viva, ame, pense, erre, caia, levante. E depois do erro corra atrás de refazer o seu acerto, faça tudo o que desejar fazer, diga te amo sem medo de não ouvir isso depois, aproveite a vida. Nunca se sabe o dia de amanhã.", por isso erro, repito, tento, insisto, persisto e luto por um mundo melhor para todos.

Em minhas meditações, elevo meu pensamento ao Grande Arquiteto do Universo, pedindo iluminação a todos que estão conectados a minha rede existencial, iniciando por meus anjos, arcanjos, santos, e outras denominações que queiram usar; passando imediatamente a meus pais, tios, avós, e a toda ancestralidade que proporcionaram que eu chegasse até aqui; depois a meus irmãos, tios, primos, sobrinhos, amigos, colegas e a todos que fazem parte de minha vida, até mesmo aqueles que não tenho nenhum tipo de afinidade, pois acredito que todos são dignos de perdão, até mesmo aqueles que vivem errando, pois o julgamento de seus atos e omissões, está no céu ou no inferno de suas consciências, recebendo de volta tudo aquilo que fazem ou deixam de fazer aos outros.

Elucubrações a parte, como disse no início, "nunca fiz amigos tomando leite", neste sentido, quero dizer que todos meus amigos(as) são loucos(as), todos(as) sem exceção, pois se não fossem suas loucuras, não seriam meus amigos(as).

Amo gente que me completa, que me alegra, que me faz bem. Gosto de gente que ri, que anda em qualquer ambiente, que trata a todos por igual, que não discrimina condição social, raça, gênero. Gente eclética, gente como a gente. O que me chateia é a prática de discriminação de qualquer tipo, de gerar o mal de qualquer forma, seja praticando pequenas ilicitudes, quanto exagerando em certas convicções ideológicas, que originam violências desnecessárias, tornando as pessoas intolerantes inconscientemente, pois defender um lado, não é agredir o outro. É preciso lutar a favor de algo, não contra outrem, por isso, use sua força para vencer a si mesmo, superar-se, tornar-se digno de honra e gloria, sem prejudicar ninguém.

Jesus Cristo, em seu último dia neste plano, chamou seus doze melhores amigos para participarem de um happy-hour regado a pão e vinho. Durante o evento ele abriu o jogo pra todos, sendo sincero ao extremo, dizendo que Pedro o negaria, Judas o trairia, e assim por diante. Este evento ficou conhecido como Santa Ceia, onde um “pacto de amizade” incondicional foi selado através do “cálice da aliança” chamado de “Santo Graal”. Jesus, o iluminado, usou seus critérios para escolher, e eu, um mero mortal, errante, pecador, com mais dúvidas que certezas, obviamente não teria o mesmo discernimento para escolher quem seriam as doze pessoas que sentariam a mesa comigo, ainda mais sabendo que serei crucificado pelos não escolhidos, que vão preferir ser melhores amigos do Barrabás do que de mim.

Foram tantas vivências, experiências, aventuras, que não conseguiria enumerar nem mesmo que vive-se tudo novamente. Cada uma foi diferente. Cada qual teve seus protagonistas, coadjuvantes e expectadores. Então, é muito difícil projetar o algoritmo que selecionaria os doze que sentariam a mesa para comungar em meu Santo Graal.

Inúmeras variáveis precisariam ser levadas em consideração, mas talvez as principais sejam: os que mais me ajudaram na vida; os que me acompanham a mais tempo; os que me conectaram aos maior número de amigos em comum; os mais cúmplices, fieis, parceiros, que consumiram o maior volume de cerveja comigo, que percorreram o maior número de quilômetros ao meu lado, mais historias contadas, confidências relatadas, experiências vividas, entre outros pormenores.

Mesmo com todos estes critérios não conseguiria ficar só com doze, pois teria de fazer vários happy pra receber todo mundo, mas acredito que todos hão de concordar que: Mario Correia, Jurema Bender, Marcelo Braga, Gerson Junqueira, Márcia Pacheco, Jorge Junior, Paulo Marques, Luciano Quadros, Leonel Da Silva Vargas, Everton Luis Silveira, Ricardo Rocha Leite Leite (in memorian), Ricardo Unger (in memorian), são os que mais cumpririam os critérios pré estabelecidos, e ligado a eles, viriam uma infinidade de pessoas tão importantes que compõe minha rede de relacionamentos, como os meus ex Amores, os Marcelos, a galera do Já foi Bom, Cia do Trago, do Morro, do Menino Deus, da Osvaldo, de Laguna, Quartel, Inter, Harmonia, Piquetes, Gaúcho, Escolas, excursões, trabalhos, política, do mundo, assim tendo eu que realizar vários kerbs pra recepcionar todas pessoas queridas que fizeram parte de minha vida nestes meus 49 anos de vida.

Agradeço as infinitas vivencias com cada um de vocês. Saibam que só consigo compartilhar amor porque recebo muito amor.

Obrigado por todas energias positivas enviadas. As recebo com muita gratidão, pedindo ao Universo que todos sejamos abençoados com muita luz, paz, amor, saúde, união, prosperidade e mais uma infinidades de coisas boas.


(vídeo de agradecimento com cara de quem estava resfriado e que não parou de trabalhar por dias a fio hehe)





Namastê

Adilson Di

segunda-feira, 26 de março de 2018

Liberdade aos sentidos

Todos os dias espio pela janela do banheiro para conferir se o tempo está bom.

Hoje o tempo está ameno aqui, mesmo numa semana com previsão de chuvas e tempestades.

Ontem, logo ali no verão, olhava e enxergava o sol.

Então ontem era verão, hoje outono, amanhã inverno.

Ontem também era 2017, amanhã já é quase 2019.

Ah! Efêmero tempo.

Ontem eu procurava inspiração para iniciar meu romance, hoje fiz mais uma tentativa, quiçá amanhã após mais uma procrastinada finalmente eu consiga escrever a primeira linha.

Mas espera ai, já tenho enredos suficientes para dezenas de romances.

Tenho comigo bibliotecas inteiras de livros lidos, relatos ouvidos, relações observadas, e porque não começo logo a escrever?

Talvez seja preguiça, uma limitação, um bloqueio, ou simplesmente medo.

Penso: Pra que abrir páginas e páginas de manuscritos se o que é bom mesmo é viver o amor, sentir o amor, e vê-lo voar em seres alados, na força da água, no sol que nasce a cada manhã.

Então ta decido. Não vou aprisionar em palavras o que pode ser sentido, fazer sentido, dar um sentido. “Vamos viver o que ha pra viver, vamos nos permitir”.

Que sua semana seja de muito amor em cada imagem que olhares, em cada som que ouvires, em cada ser que tocares.

Boa segunda com muito amor no seu coração.

Namastê

Adilson Di - @AdilsonDi

quinta-feira, 8 de março de 2018

Feliz dia da mulher

Em milhares de anos da “homenidade”, as mulheres foram ultrajadas e oprimidas de todas as formas.

Logo elas que são delicadas como as rosas e fortes como as árvores, que alem de florir, colorir, perfumar, são frondosas e produzem os frutos.

As mulheres são as fontes da vida, do conforto, do alimento, do afeto e tudo mais que todos humanos precisaram em seus primeiros anos de vida.

Foram anos de submissão e segundos planos...

... de tanto descaso, algumas ousaram aqui, outras acolá, e num dia fatídico, numa fábrica americana, um grupo insurgiu-se, empoderam-se por instantes mostrando ao mundo um que a “atitude” pode “servir de exemplo”...

... e assim foi, pois outras ocuparam seus espaços lá, outras acolá, e assim, em homenagem aquelas operárias guerreiras que serviram de exemplo a todas mulheres livres que foi criado este dia de hoje.

Então este não é só um dia para os homens enviarem afagos, mas sim de reconhecimento...

...da força, da perseverança e capacidade das mulheres...

...exaltando-as irrefutavelmente.

Então sua linda. Obrigado por você fazer parte da história e por este dia de reconhecimento e honra a você e a todas mulheres do planeta.

Feliz dia da mulher

Adilson Di - @AdilsonDi

segunda-feira, 5 de março de 2018

Ocupe os espaços vazios com o que te preenche

Só podemos transbordar aquilo que nos preenche, que nos torna completos, diferenciados, amplos, dignos, felizes.

Então vamos iniciar a semana compartilhando amor, paz, alegria, sorrisos, gentilezas, pois solidariedade é podermos compartilhar não só o que temos, mas também o que nós tornamos, por isso compartilho contigo meu eterno sorriso, minha astúcia, minhas alegrias, meu desapego, minha capacidade criativa e principalmente minha fé num ser incomensurável, onipotente, onipresente que é o Grande Senhor do Universo.

Mando a ti o que tenho de sobra, assim que sabe, preencho a ti com um pouquinho de mim, e tu envia aos demais o que tens de sobra em ti. Assim vamos enchendo a vida das pessoas ao nosso redor com o que há de melhor.

Boa semana.

Namastê

Adilson Di - @AdilsonDi